4 dicas de como usar fixadores de cabelo

4 dicas de como usar fixadores de cabelo

Imagine fazer um belíssimo penteado para ir a alguma festa ou evento e ele se desmanchar. Chato, não é? Por isso, é sempre recomendado usar um fixador de cabelo para manter o penteado.

Saber como usar o fixador de cabelo ajudará você a obter resultados muito mais satisfatórios e eficazes. Hoje, as fórmulas dos produtos são bem mais leves, evitando que o cabelo fique com aspecto duro ou sem movimento.

Para ajudar a aproveitar ao máximo dos poderes desse finalizador, preparamos 4 dicas de como utilizá-los da melhor forma. Confira!

1. Pense na quantidade e distância de aplicação do fixador

Por incrível que pareça, dependendo da quantidade e também da distância de aplicação, o resultado e as texturas podem ser diferentes. Quanto menor à distância de aplicação e maior a quantidade, o cabelo ganhará mais brilho e mais memória. Por outro lado, quanto mais longe e menor a quantidade, o efeito causado será mais natural e ameno.

Ficar atento aos graus de fixação também é importante. Os mais comuns são o leve, médio, forte e extraforte. Para escolher é só avaliar o tempo e o aspecto que você deseja na textura dos fios de cabelo.

2. Faça movimentos circulares com o bico do spray

Na hora de aplicar o fixador de cabelo não aponte para um único ponto. O ideal para fixar os penteados é fazer movimentos circulares com o produto. Dessa forma, seu penteado fica no lugar o dia inteiro, sem deixar os cabelos duros e com aspecto esbranquiçado.

Lembrando que para a melhor fixação do penteado os cabelos devem estar secos e, de preferência, escovados. O que possibilita a distribuição uniforme do produto.

3. Não borrife perto demais do cabelo

O fixador de cabelos tem propriedades específicas para fixar os fios. Esses componentes podem ressecar os fios. Por isso, na hora da aplicação, para evitar deixar o cabelo e os fios  ressecados, borrife o spray a 15 centímetros de distância dos cabelos. Isso evitará o ressecamento e protegerá o couro cabeludo.

Depois de arrasar na festa, aproveite para investir em uma boa hidratação. Assim, você garante cabelos saudáveis e lindos para os próximos penteados.

4. Use o fixador de cabelo para dar efeitos diferentes

Quer dar um pouco mais de volume às madeixas? A dica é levantar a raiz com a ajuda de uma escova e aplicar o fixador apenas na região. Funciona super para criar topetes e deixar o visual ainda mais marcante.

Para tranças e coques o ideal é aplicar o fixador de cabelo em todo o comprimento, antes de iniciar o penteado. Assim, sua trança ficará mais firme e durará por muito mais tempo.

Ficou horas fazendo cachos com babyliss e eles desmancharam? Para evitar esse caso, é indicado aplicar o spray mecha por mecha, logo após o uso do aparelho. Garantimos que seus cachos não vão se desfazer.

Ao se aprender como usar o fixador de cabelo, você se torna capaz de estruturar melhor os penteados. Dá para usá-lo no dia a dia, para corrigir um cabelo frizzado e naqueles dias que queremos que o visual dure a noite toda. Dando aquele toque diferenciado no cabelo e conferindo maior elegância e sofisticação à sua aparência.

Gostou das dicas? Assine a newsletter da Ibella e fique por dentro de muitos outros conteúdos para manter as madeixas lindas.

Saiba mais sobre o tratamento de cauterização capilar

Saiba mais sobre o tratamento de cauterização capilar

Frequentemente, os cabelos são expostos a agressões, o que pode ocasionar cabelos opacos e sem vida. Indo da exposição ao sol e poluição, até aqueles provocados pelo excesso de processos químicos. Para recuperá-los é necessário recorrer a cuidados intensivos, como o tratamento de cauterização capilar.

A cauterização capilar devolve os aminoácidos e a queratina perdidos devido aos danos. Devolvendo a estrutura original aos cabelos.

Quer saber como a cauterização capilar funciona e como ela pode recuperar seus fios? Continue a leitura do artigo!

O que é o tratamento de cauterização capilar?

O tratamento de cauterização capilar nada mais é do que um processo cujo objetivo é promover a cicatrização das cutículas do cabelo. Assim, as proteínas presentes nele permanecem nos fios por um tempo mais prolongado.

A cauterização busca uma correção da estrutura capilar por intermédio do que se chama de agentes catiônicos, que por sua vez trabalham para efetuar a recuperação das fibras capilares. Em outras palavras, a cauterização funciona como uma reconstrução mais profunda, que sela as escamas e reduz as pontas duplas.

De que modo é efetuada a cauterização?

A cauterização se inicia com a aplicação de um shampoo antirresíduos que visa abrir as cutículas dos fios. Em seguida, a queratina líquida é aplicada aos cabelos. Passado o tempo de ação do produto, seca-se as mechas com ajuda de um secador e, em seguida, sela-se essa camada superficial com a chapinha.

A chapinha pode tanto ser usada nos cabelos úmidos ou secos. Tudo dependerá da técnica de cada profissional. Posteriormente, retira-se o excesso de produto e hidrata-se o cabelo.

Para quem se recomenda a cauterização capilar?

A cauterização capilar é indicada para todos os tipos de cabelos. Entretanto, os mais danificados se beneficiam mais do tratamento. Geralmente, cabelos que passaram por coloração, alisamento ou outras químicas são os que mais necessitam da cauterização.

O mais indicado é que se faça quatro aplicações. Uma a cada 20 dias, para uma maior eficácia do tratamento. Se seu cabelo não está muito danificado, pode recorrer ao tratamento em períodos maiores, a cada 40 dias.

Quais os cuidados a serem tomados após a cauterização?

Após o tratamento de cauterização, deve-se fazer hidratações nos cabelos regularmente, seja em casa mesmo ou no salão.

Além disso, ao lavar os cabelos, dê preferência por shampoos perolados, pois normalmente são mais hidratantes. Vale também usar uma máscara de tratamento ao invés do condicionador na hora de finalizar a lavagem dos cabelos.

Como vimos, o tratamento de cauterização capilar ajuda a restaurar toda a força dos cabelos. Assim, devolvendo a vida a eles e repondo todas as proteínas perdidas no decorrer dos danos.

Gostou de saber mais sobre a cauterização capilar? Curta a página da Ibella Cosméticos no Facebook e fique por dentro de outras dicas e novidades.

4 penteados para usar na balada

4 penteados para usar na balada

Final de semana chega e nada mais justo do que aliviar a tensão da semana se jogando na balada. Afinal, nada melhor do que sair com os amigos, namorado ou mesmo sozinha e se divertir muito, não é mesmo? Essa ocasião pede sempre um look mais elaborado. Mas, além da roupa, uma dúvida comum é sobre os penteados para balada.

Dos fios soltos a todo modo de amarrar as madeiras, há uma infinidade de penteados para balada. Independentemente do seu tipo de cabelo, há uma gama variada de possibilidades de dar aquela diferenciada no visual.

Quer ideias para arrasar? Neste artigo, trazemos 4 dicas incríveis de penteados para chegar com tudo na balada e surpreender no visual.

1.    Rabo de cavalo

O rabo de cavalo preso bem alto, no topo da cabeça, está super na moda. Várias famosas, como Ariana Grande e Nicki Minaj, já adotaram o estilo. Ele é bastante descontraído e casa bem com visuais mais divertidos.

Use um pente com cerdas bem juntinhas e um bom fixador para evitar o frizz. Para finalizar, é ideal contar com um elástico bem firme para manter o penteado a noite toda, sem preocupações.

Para incrementá-lo, pode fazer uma trança raiz. Uma das formas de fazer isso é a partir da nuca, trançando os fios com a cabeça virada para baixo. Criando um visual ainda mais contemporâneo.

2.    Topete

O topete é bem simples de fazer, mas é um dos penteados para balada mais glamourosos. Já que produz todo um diferencial no look. Para montá-lo, basta separar uma grande mecha no alto da cabeça, desfiar os fios com a ajuda de um pente fino e ir movendo-o na direção oposta ao crescimento.

Para arrematar o visual, use grampos e um spray fixador para ajudar a segurar o volume do topete.

O topete traz um visual alongado, perfeito para usar com um vestido curto ou blusas com decote V, que deixa o colo mais amostra, criando um visual ousado.

3.    Half bun

O half bun é um penteado semipreso muito descolado. Ele consiste em um coque elaborado com os fios parcialmente presos. Ele cai muito bem com qualquer corte de cabelo e pode evitar que sua franja fique bagunçada no meio da badalação.

Para fazer o penteado com um ar moderninho, é só separar a mecha que criará o penteado a partir da linha da sobrancelha. Reúna os cabelos e torça-os em um coque, deixando a parte de baixo das madeixas livres. Depois, é só prender com um grampo.

4.    Trança unicórnio dupla

A ideia desse penteado é imitar o chifre de um unicórnio com uma trança feita no topo da cabeça. Na versão dupla elabora-se duas pequenas e finas tranças, bem firmes na risca central dos cabelos. Esse é um daqueles penteados para balada bem estilosos e usado por várias famosas em eventos.

Além de lindo o penteado deixa o visual mais moderno e o melhor, dá para dançar a noite inteira sem se preocupar com o cabelo soltar.

Não é difícil criar um visual incrível para curtir a balada. Investir na elaboração de penteados para balada sem sombra de dúvida ajudará você a se sentir ainda mais bonita para curtir ao máximo.

Para montar penteados incríveis, é essencial contar com ótimos produtos finalizadores. Visite o site da Ibella Cosméticos e conheça todas as linhas disponíveis!

 

Aprenda a desmatizar o cabelo usando desamareladores

Aprenda a desmatizar o cabelo usando desamareladores

Toda pessoa que tem cabelo loiro, seja por completo, seja por luzes ou mechas, sabe muito bem que, passado algum tempo, o tom começa a amarelar. Dessa forma, para manter a cor bonita, é preciso saber desmatizar o cabelo. Isso pode ser feito com alguns produtos específicos, como máscara, shampoos e condicionadores desamareladores.

No decorrer deste artigo, explicaremos como desmatizar o loiro com a ajuda de produtos desamareladores, para deixar suas madeixas loiras sempre lindas.

Quais as diferenças entre desmatizadores e desamareladores?

É importante esclarecer as diferenças entre desmatizadores e desamareladores. Afinal, a confusão entre esses dois elementos pode resultar na compra errada do produto para revitalizar o loiro do seu cabelo.

Diante disso, vale esclarecer no que consiste cada um:

Desmatizadores

O intuito principal de um desmatizador é neutralizar uma cor indesejada nas madeixas. Geralmente, eles são encontrados na forma de tonalizantes. Sua funcionalidade é, dentre outras coisas, tirar o esverdeado do cabelo loiro em determinadas ocasiões.

Ademais, sua ação é mais imediata e a aplicação é única. Contudo, por conta dessa ação expressa, eles ressecam ligeiramente o cabelo, a nível superficial.

Desamareladores

Os desamareladores são aplicados para retirar ou ao menos amenizar tons amarelos dos fios. Normalmente, eles são encontrados na forma de máscaras para o cabelo ou shampoos.

Além disso, a máscara ou shampoo podem ser aplicados em casa. O que facilita o processo.

Como desmatizar o cabelo utilizando desamareladores?

Agora que você já entendeu a diferença entre os dois termos, você já está pronta para cuidar das suas madeixas. O primeiro passo é escolher o desamarelador adequado. É preciso pesquisar bastante para selecionar e comprar o desamarelador certo para o seu tipo e tom de cabelo. Deve-se investir em um produto de boa qualidade, afinal, é importante tirar o tom amarelado sem ressecar os fios.

Na hora de aplicar, você deve separar o cabelo por mechas. Logo depois, é preciso aplicar o desamarelador nas pontas e espalhá-lo na direção da raiz. Em seguida, é só massagear e aguardar o tempo indicado pelo fabricante. Enxágue o produto, lave o cabelo normalmente, com os produtos de costume.

Desmatizar o cabelo com o auxílio de desamareladores é uma forma de manter a cor sempre bonita, livrando-se daquele aspecto amarelado tão indesejado. Contudo, deve-se sempre fazer o teste de mecha antes, evitando assim um corte químico, ou seja, a quebra dos fios por conta da química forte.

Gostou do artigo? No site da IBella Cosméticos você encontra os melhores desamareladores do mercado, compre o seu e recupere o loiro dos seus cabelos!

Como fazer mechas usando pó descolorante

Como fazer mechas usando pó descolorante

Mechas no cabelo dão um cara completamente diferente ao visual, não é mesmo? E você sabia que é possível fazê-las em casa? Isso mesmo! Pode parecer até arriscado, mas, na verdade, é um processo bem fácil de fazer! Seu companheiro nessa jornada será o pó descolorante.

Quer mais detalhes sobre como fazer as mechas usando pó descolorante? Então, continue a leitura e confira o nosso passo a passo, a gente explica tudo direitinho!

Penteie todo o cabelo para trás e aplique talco

Para começar, todo seu cabelo deverá ser penteado para trás. Em seguida, você deve aplicar talco no topo da cabeça. Com a ajuda das mãos, espalhe o talco de forma que ele se distribua por toda a raiz do cabelo. Depois disso, escove o cabelo e prenda-o em um rabo de cavalo (que deve ficar solto na altura da nuca).

Use a touca de silicone e puxe as mechas que deseja clarear

Vista a touca de silicone bem ajustada à sua cabeça. Com o auxílio de uma agulha de crochê, puxe mechas finas pelos buraquinhos da touca. Caso esse processo seja difícil de fazer, peça a ajuda de alguém. Você deve separar a quantidade de fios que deseja clarear. Quanto mais mechas, mais claro ficará o resultado.

Utilize um pente ou escova para desembaraçar qualquer possibilidade de nós em seus fios. Eles podem prejudicar a aplicação do produto descolorante. Usando uma toalha, proteja os fios presos no rabo de cavalo.

Prepare a mistura com o pó descolorante

Use 50 ml de água oxigenada (o volume da água oxigenada dependerá do quão claro você deseja a suas mechas, ok? Quanto maior o volume, mais claro ficará!) e 50 ml de pó descolorante para fazer a mistura. Você deve mexer até que o creme fique o mais homogêneo possível. Nesse momento, pode ser necessário contar com a ajuda de alguém, é hora de aplicar a mistura nas mechas.

Aplique a mistura suavemente com o emprego de um pincel

Pegue um pincel adequado e aplique a mistura apenas da metade do cabelo para baixo. Para que o resultado seja o mais natural possível, faça a aplicação suavemente, esfumando a mistura nos fios.

Deixe agir por cerca de vinte minutos. Cuidado com esse tempo, ok? Não deixe passar dos 30 minutos, ou os cabelos podem ficar danificados pela química! É melhor, obviamente, evitar problemas como a quebra dos fios.

Finalize o processo com o enxágue e a lavagem do cabelo

Agora você pode enxaguar os fios com água corrente e aplicar um tônico capilar de sua preferência. Depois, é só lavar todo o seu cabelo com o shampoo de sua preferência e usar uma boa máscara de hidratação. Se for usar secador nas madeixas, não esqueça de aplicar o protetor térmico com os cabelos ainda úmidos.

Não é nenhuma missão impossível, não é mesmo? Agora que você já sabe como deixar as suas madeixas iluminadas com o pó descolorante sem precisar gastar aquela graninha no salão, é hora de colocar a mão na massa! Com os devidos cuidados, temos certeza de que seus cabelos ficarão lindos.

Curtiu esse post? Aproveite e confira as 5 vantagens de alisar os cabelos com selagem térmica!

3 penteados ideais para dias chuvosos

3 penteados ideais para dias chuvosos

Nada como um bom dia de chuva para ver aquele filme debaixo das cobertas. Só que, quando precisamos sair de casa, os problemas começam a aparecer, sobretudo com os nossos cabelos. Dias chuvosos trazem alta umidade e, consequentemente, o surgimento do frizz, sem falar no aumento do volume do cabelo.

Mas antes que o terror se instale, saiba que nem tudo está perdido. Alguns modelos de penteados podem ser a sua salvação! Confira as nossas 3 opções de penteados ideais para dias chuvosos e escolha o melhor para o seu cabelo.

  1. As tranças têm um charme incrível

As tranças estão em alta. Desde os modelos mais tradicionais àquelas mais elaboradas — que podem, até mesmo, ser usadas em eventos formais como os casamentos. Fique sabendo que as tranças são um dos principais exemplos de penteados ideais para dias chuvosos. Basicamente porque, quando usamos tranças, nossos cabelos ficam totalmente presos e controlados, o que é adequado para evitar o aumento do volume e o frizz.

Além disso, a trança é um arranjo versátil, que fica muito bem em todo tipo de cabelo, do liso ao cacheado. Se a trança for de raiz, é ainda melhor para evitar o frizz, uma vez que pode aparecer no topo da cabeça no lugar de ficar ao comprimento do cabelo. Essa opção também vale para quem tem os cabelos mais curtinhos, e fica muito charmosa se deixar só as pontinhas do cabelo soltas.

2. Os coques são penteados ideais para dias chuvosos

O coque é um penteado clássico, muito usado antigamente. Ele se disseminou e ganhou espaço, tornando-se um penteado elegante, versátil e muito bonito.

Portanto, é claro que seria uma bela opção entre os penteados ideais para dias chuvosos. Para falar a verdade, é possível transformar o rigor do coque em algo mais despojado. Basta não prender tanto os fios, e/ou deixar as pontas mais soltas.

3. Os rabos de cavalo são bem práticos de fazer e usar

Nada mais simples do que prender os cabelos em um rabo de cavalo. Com certeza, essa proposta foi o primeiro dos penteados ideais para dias chuvosos em que você pensou, certo? Mas não precisa ficar só naquele rabo de cavalo mais simples, é possível elaborar muito mais essa composição de cabelo.

Para deixar os fios do topo da cabeça no lugar, você poderá, por exemplo, usar uma tiara. Para que o resultado fique mais elegante, pode deixar uma mechinha e enrolar sobre o prendedor. Ou pode ainda fazer uma trancinha de raiz ao prender as madeixas.

Seja qual for o penteado que você escolher em um dia de chuva, para que o resultado seja ainda mais bonito, vale a pena investir em produtos finalizadores que ajudem a minimizar o aparecimento do frizz. Pomadas, gel, leave-in, todos eles podem ajudar você a modelar o cabelo e reduzir o volume devido à umidade.

Gostou das dicas que trouxemos no post? Veja todas as novidades seguindo a nossa página no  Instagram!

6 dicas de produtos para skin care

6 dicas de produtos para skin care

Para uma rotina ideal de cuidados com a pele é necessário ter em casa alguns produtos específicos. E essa é uma regra para todos os tipos de pele, viu? Seca, normal, mista ou oleosa. Basta escolher os produtos adequados ao seu perfil.

Mas quais serão os principais produtos para skin care? Esse post responderá as suas perguntas! Separamos 6 produtos acessíveis e fazem toda a diferença no seu cuidado com a pele. Confira as nossas dicas!

1. Demaquilante: o primeiro a ser utilizado

O primeiro da lista dos produtos para skin care é o demaquilante. Isso porque ele deve ser mesmo o primeiro a ser utilizado para limpar a pele, depois de usar aquela make incrível.

O demaquilante é o responsável por remover não só a maquiagem, mas também os resíduos que ficam acumulados na pele ao longo do dia. A limpeza é feita de modo que a pele fique limpa, suave e sem aquele aspecto oleoso.

2. Sabonete para o rosto: para remover os resíduos

O segundo dos produtos para skin care é o sabonete facial. Após remover a make e a sujeirinha do dia a dia, o ideal é lavar o rosto com ele. Caso algum resíduo do próprio demaquilante fique em sua pele o sabonete eliminará.

Para as peles mistas e oleosas, os sabonetes mais indicados são os de ação adstringente. Para as peles mais secas, o sabonete hidratante entregará resultados poderosos.

3. Esfoliantes: para ser usado periodicamente

Os esfoliantes são importantes para os cuidados com a pele, mas não devem ser usados diariamente. A dica aqui é usar esse produto duas vezes por semana, quando desejar aquela limpeza mais profunda, sabe? O esfoliante remove as células mortas, age profundamente nos poros e renova a sua pele.

Além disso, ele controla a oleosidade e a produção de sebo, podendo até mesmo minimizar as manchas do rosto. Maravilhoso, não é?

4. Tônico facial: para finalizar a rotina de tratamentos da pele

O tônico é conhecido como o produto finalizador da rotina de skin care. Isso porque ele desobstrui os poros, renova a pele e ainda equilibra o pH. Para a remoção das impurezas mais profundas, vale aplicar o tônico diariamente em seu rosto. Isso deixará a pele mais sequinha ao longo do dia, ou seja, é ideal caso ela seja mista ou seja oleosa.

O tônico, na verdade, tem outra função. Ele pode ser usado para preparar a sua pele para receber o protetor solar e o hidratante, por exemplo.

5. Hidratante facial: para todos os tipos de pele

Um dos produtos para skin care indispensáveis é o hidratante. E aqui vale uma observação importante: todos os tipos de pele devem ser hidratados, não somente as peles mais secas, ok?

Para ser adequadamente absorvido pela pele, o ideal é aplicá-lo antes do protetor solar. O hidratante facial deixa aquele aspecto de “pele de pêssego”, lisinha e com o brilho natural ideal. Além disso, o uso desse produto previne o aparecimento de manchas.

6. Creme para os olhos: para amenizar rugas e olheiras

As rugas e olheiras podem ser incomodas. Entretanto, tudo isso pode ser amenizado com o creme para olhos. Esses produtos mantêm a região saudável e hidratada, amenizando as bolsas e linhas de expressão. Esses produtos precisam ter a fórmula leve, afinal, essa é a região do rosto mais sensível.

Com essas 6 dicas de produtos para skin care, certamente a pele do seu rosto ficará mais bonita e saudável. Vale a pena investir!

Curtiu essas dicas? Assine a nossa newsletter! Assim, você receberá assim todo o nosso conteúdo diretamente em seu e-mail.

Saiba como usar protetor térmico para cabelos

Saiba como usar protetor térmico para cabelos

Quem deseja ter madeixas dignas das fotos de capa de revista precisa saber que o protetor térmico para cabelos é um dos truques dos especialistas. Especialmente após passar por técnicas como a escova, uso da chapinha e também o babyliss que, sabemos, podem danificar os fios.

Porém, não basta ter um protetor térmico capilar. É fundamental saber como usá-lo! Foi pensando nisso que elaboramos esse post. Continue a leitura e saiba tudo sobre como usar protetor térmico para cabelos!

Para que serve o protetor térmico?

O protetor térmico para cabelos serve para dar maior proteção aos fios quando são expostos ao calor artificial. O produto promove a melhor saúde para os cabelos e ainda garante que o penteado dure mais tempo, dando forma e protegendo contra o surgimento do temido frizz.

Quando usar o protetor térmico para cabelos?

O uso do protetor térmico é indicado sempre que o cabelo passar por alguma ferramenta térmica, como o uso do secador (ainda que seja uma secada simples no cabelo, sem, necessariamente o processo de escova), a chapinha e o babyliss.

Isso porque o protetor térmico para cabelos cria uma espécie de barreira que protege do calor intenso e ainda facilita o processo de secagem. O resultado é a maior duração do look.

Outro benefício é que, ao usar o protetor térmico, será criada uma película invisível que protegerá os cabelos contra os raios UV. Ou seja, pode pegar um solzinho sem problemas!

E como usar o protetor?

Comece eliminando o excesso de água dos cabelos com uma toalha. A aplicação do protetor térmico para cabelos deve ser feita sem exageros, basta uma pequena quantidade. Aqueça o produto nas mãos antes de passar nas madeixas ainda úmidas.

Se você exagerar na quantidade, o resultado pode ser um cabelo pesado! Então, de acordo com o produto escolhido por você, observe de quais são as quantidades a utilizar. Se o protetor for tipo mousse, o volume de produto deve ser equivalente ao tamanho de um ovo de galinha. Para o protetor em creme, compare a porção colocada na mão ao tamanho de uma avelã. Para opções de produtos líquidos, bastam algumas gotas, de acordo com o comprimento do seu cabelo.

Para que todo o produto seja distribuído homogeneamente nos cabelos e tenha melhor aderência a fibra capilar, use um pente.

Qual o protetor mais indicado para cada tipo de cabelo?

Cada tipo de cabelo pede um protetor térmico diferente e mais adequado aos fios. Os fios mais finos pedem produtos líquidos ou em spray, que não pesam no cabelo, a base pode ser de proteína ou queratina, mas não deve ser hidratante.

Já os cabelos mais grossos pedem um protetor com ação nutritiva, contendo ceramidas, aloe vera ou avocado. Nesse caso, pode ser em creme.

As madeixas com cachos vão muito bem com um protetor térmico anti-frizz, podendo ser sérum ou mousse e que também proteja contra a umidade.

Viu que não existe nenhum mistério para usar o protetor térmico para cabelos? E o resultado fará toda a diferença em suas produções, além de garantir cabelos mais saudáveis e lindos!

Gostou dessas dicas? Continue com a gente e fique por dentro de 3 dicas para manter a progressiva por mais tempo.

Conheça os benefícios de tratamentos com queratina

Conheça os benefícios de tratamentos com queratina

A queratina é uma proteína que está presente na pele, unhas e cabelos, responsável por garantir força, elasticidade e resistência aos fios. Por isso, é muito importante investir em reconstruções e tratamentos que façam a reposição da proteína que é perdida por conta de procedimentos químicos e das eventuais agressões diárias.

Quer entender um pouco mais sobre os benefícios dos tratamentos com queratina? É só continuar lendo esse post. Aqui você descobrirá tudo o que precisa saber sobre esses tratamentos. Leia mais e entenda!

Saiba um pouco mais sobre a queratina

Você já viu que essa substância é uma proteína presente na construção de diversas partes do nosso corpo, mas especialmente nas unhas e cabelos. Ela é formada por um conjunto de aminoácidos e é responsável pela consistência e integridade dos fios.

Embora a queratina corresponda à aproximadamente 90% da composição do fio, quando o cabelo fica exposto ao sol, sal, cloro das piscinas e passa por descolorações e alisamentos, ela vai se degradando. Com isso, o cabelo vai ficando mais frágil e quebradiço. Por essa razão, é muito importante realizar tratamentos que visem a reposição da queratina.

Conheça os tipos de tratamentos com queratina

Existem vários tipos de tratamentos que buscam repor a queratina nos fios capilares. A mais simples delas é a reconstrução feita com máscaras à base dessa proteína. Ela pode ser feita em casa seguindo o mesmo procedimento de uma hidratação, isoladamente ou como parte de um cronograma.

Há ainda tratamentos com queratina mais intensos, que visam a restauração dos fios e são realizados nos salões. É o caso da selagem e da nanoqueratização, por exemplo. No entanto, além de exigirem um nível técnico maior, é importante consultar um profissional antes de fazer esse tipo de tratamento. Isso porque o excesso de queratina pode deixar os fios enrijecidos, ressecados e sem brilho.

Saiba quais os benefícios de usar queratina nos cabelos

Independentemente do tipo de tratamento que você escolheu, a queratina pode fazer verdadeiros milagres pelos seus fios quando usada de maneira adequada. Como ela repõe a massa proteica do cabelo, ajuda a melhorar o aspecto de fios elásticos, sem vida e quebradiços. Especialmente depois de serem submetidos a tratamentos químicos.

Os tratamentos com queratina funcionam como uma ótima forma de preencher as falhas, selar cutículas e proteger os cabelos dessas agressões. Assim, suas madeixas recuperam a consistência, o alinhamento, o brilho e a maciez. Por isso, após o verão, antes e depois de fazer luzes e outras químicas, sempre realize uma ou mais reconstruções.

É fácil perceber que são muitas as vantagens dos tratamentos com queratina para a saúde dos fios. Por isso, eles devem sempre estar incluídos na sua rotina de cuidados. No entanto, é bom consultar um profissional. Em casa, siga o cronograma e use máscaras de reconstrução e sprays de queratina líquida. Deixe para realizar tratamentos mais intensos no salão, após a avaliação do seu cabeleireiro. Afinal, o excesso dessa proteína pode causar o efeito inverso e vir a danificar os fios, deixando os cabelos quebradiços, opacos e sem vida.

E então? Já fez algum tratamento com a queratina? Compartilhe esse post nas suas redes sociais e inspire seus amigos a se cuidarem mais!

 

4 cuidados diários para cabelos naturais

4 cuidados diários para cabelos naturais

Um número maior de pessoas tem optado por abandonar as escovas progressivas e demais tratamentos químicos para assumir seus cabelos naturais. No entanto, como não há nada para mantê-los alinhados e mais comportados, é importante ter alguns cuidados extras para que fiquem sempre bonitos.

Se você quer ter cabelos naturais bem cuidados e domados, esse post poderá lhe ajudar bastante. Reunimos aqui 4 dicas valiosas que vão mudar a aparência dos seus fios de uma vez por todas. Continue lendo e adote-as o quanto antes!

1. Lave com água morna ou fria

Por mais que um banho bem quente seja delicioso, as altas temperaturas fazem muito mal para a saúde dos seus cabelos. A água quente retira toda a oleosidade natural do cabelo e faz com que ele fique ressecado e sem vida. Assim, na hora de lavar os cabelos, procure deixar a temperatura o mais baixa possível. Ou pelo menos faça o último enxágue com água fria. Isso vai selar as cutículas e dar brilho.

2. Use produtos adequados para o seu tipo de cabelo

Outra dica muito importante para manter cabelos naturais sempre bonitos é apostar em produtos específicos para os seus fios. Isso inclui um bom condicionador, shampoo, máscara e leave-in para finalizar.

Uma sugestão bem legal é apostar no cronograma capilar. Ele faz parte do programa de transição da progressiva para os cachos e consiste em um calendário de hidratações, nutrições e reconstruções para recuperar cabelos danificados e deixá-los sempre macios e brilhosos.

3. Seque os cabelos antes de dormir

Se o único horário que você tem para cuidar dos cabelos é à noite, é muito importante secá-los antes de ir para a cama. Além do fato de que dormir com os fios molhados faz mal à saúde, com certeza eles vão acordar amassados e impossíveis de domar. Assim, aplique um protetor térmico e seque os cabelos antes de ir se deitar.

Você pode ainda acrescentar e valorizar a textura dos fios por meio de penteados como tranças e coques. Para isso, prenda o cabelo antes de ir para a cama e solte-o pela manhã. Uma ideia é dividir o cabelo ao meio e prender em rolinhos frouxos nas laterais da cabeça ou então em uma única trança solta.

4. Aprenda a modelar cabelos naturais

A forma com que você penteia e seca os cabelos naturais faz toda a diferença no resultado. Normalmente, o mais interessante é usar um creme de pentear e desembaraçar os fios no banho. Fazer o processo quando os fios estão secos pode deixar o cabelo armado. Entretanto, lembre-se de começar o processo com os dedos ou um pente largo, sempre com delicadeza fazendo movimentos das pontas para o comprimento. Na hora de secar, evite usar escovas que esticam os fios e aposte em difusores e mousses para realizar o processo de secagem sem perder a forma das ondas ou cachos.

Os cabelos naturais são bem simples de cuidar. Use produtos de qualidade e adequados aos seus fios. Realize hidratações regulares, finalize sempre com um bom produto sem enxágue e não durma com a cabeça molhada. Na hora de pentear, seja cuidadosa e comece sempre das pontas para a raiz. Seque com cuidado, usando um difusor para não perder o formato, e aproveite a liberdade de ser quem você é!

E então, gostou das dicas sobre cuidados diários para seus cabelos? Continue com a gente e descubra qual corte combina melhor com seu formato de rosto.

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.